SAMU adota novos protocolos para enfrentamento da pandemia COVID-19

Responsáveis pelos atendimentos de urgência e emergência, os profissionais que atuam no SAMU 192 – Regional São José dos Campos se prepararam e tornaram-se fundamentais na batalha contra a pandemia da COVID-19. Proteger-se sem deixar de lado o cuidado e a atenção com o paciente, faz parte da nova rotina desses profissionais.

Alguns protocolos de segurança foram reforçados para atender casos suspeitos ou confirmados da doença. O que não mudou foi o empenho e agilidade no atendimento e a regra de que, cada segundo importa para salvar uma vida.

Desde março de 2020 todas as 19 viaturas presentes nos 7 municípios de abrangência do SAMU 192, São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Jambeiro, Igaratá, Santa Branca e Paraibuna,  foram preparadas para atender casos suspeitos ou confirmados de COVID-19, sendo que três dessas viaturas ficaram para atendimento prioritário, duas em de São José dos Campos e uma de Jacareí.

Após cada atendimento a equipe realiza um longo processo de limpeza e descontaminação da viatura, o que demanda um maior tempo entre os atendimentos, mas garante um ambiente higienizado para os próximos usuários que serão atendidos, pois o SAMU funciona 24 horas, 07 dias por semana, ininterruptamente.

Inicialmente foram realizados treinamentos específicos aos colaboradores, acréscimo de vários equipamentos de proteção individual para todos os profissionais que atuam nas ambulâncias, além da realização de modificações físicas nas viaturas, com barreiras de proteção aos materiais, minimizando o risco para a equipe, e principalmente, buscando a redução da contaminação dos pacientes.

De acordo com o Dr. Fernando Fonseca, Coordenador Médico do SAMU 192 – Regional São José dos Campos, “a primeira iniciativa foi a capacitação da equipe e a preocupação com os equipamentos de segurança, com reforço da proteção. Traduzimos o documento da Organização Mundial de Saúde [OMS] específico para atendimento pré-hospitalar. As equipes do SAMU têm que saber o equipamento adequado para cada situação, para não exagerar e nem faltar”.

Segundo a coordenação médica e de enfermagem do SAMU, de março à dezembro de 2020 foram realizados 2.158 atendimentos de casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 e 27 profissionais foram afastados por motivos de saúde relacionados à doença.

O SAMU do Alto Vale do Paraíba permanece em prontidão, vigilante e 100% adequado às restrições e necessidades impostas pela pandemia, prestando sempre o mesmo serviço de excelência: salvar vidas.

Rodrigo Faria

Gerente de Enfermagem SAMU Alto Vale do Paraíba

Font Resize